Quinta, 26 de Maio de 2022
25°

Pancada de chuva

Parnaíba - PI

Saúde Piauí

Equipes da Sesapi participam da abertura do “Maio Amarelo” em São Raimundo Nonato

Durante o evento foram apresentados dados do estado a respeito da segurança no trânsito entre eles os índices de mortos e feridos, além de ações educativas sobre a segurança junto aos condutores que passavam no local.

06/05/2022 às 18h15
Por: Nichollas Castro Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí participou na manhã desta sexta-feira (6) do lançamento estadual da campanha do Maio Amarelo. O lançamento aconteceu na Câmara Municipal de São Raimundo Nonato e contou com a presença de representantes da Sesapi; Setrans; Detran; Polícia Rodoviária Federal (PRF); OAB; coordenadora do PVT de Piripiri e o secretário de Saúde de Piripiri.

Durante o evento foram apresentados dados do Estado a respeito da segurança no trânsito entre eles os índices de mortos e feridos, além de ações educativas sobre a segurança junto aos condutores que passavam no local.

O Maio Amarelo foi criado pelo Observatório Nacional de Segurança viária em 2014, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para os indicadores de trânsito, reduzindo assim o número de acidentes e consequentemente a quantidade de óbitos e feridos no trânsito.

A coordenadora de epidemiologia da Sesapi, Amélia Costa, destaca que a realização anual do evento é essencial para buscar a redução dos indicadores de óbitos no trânsito do estado. “Com esta abertura estamos buscando integrar todas as ações de órgãos responsáveis pela segurança e conscientização no trânsito. Com essa integração, teremos um trabalho mais efetivo em todos os âmbitos, atingindo melhor o nosso objetivo de redução de acidentes e dessa forma a redução de óbitos e de pessoas com sequelas”, apontou a coordenadora.

O Coordenador geral das regionais de saúde, Gerardo Rebelo, destacou que a integração das atividades dos diversos órgãos leva mais qualidade para os trabalhos realizados no viés da educação no trânsito. “O Maio Amarelo e o Programa Vida no Trânsito são ações de saúde pública essenciais pra modificar os índices de pessoas acidentadas dentro do nosso sistema de saúde. Temos o orgulho de trabalhar essa temática com total apoio da nossa governadora Regina Sousa e do nosso secretário de estado da Saúde Neris Júnior”, colocou o coronel.

Durante a abertura também foram apresentados informações sobre o programa Vida no Trânsito e dados epidemiológicos dos acidentes de trânsito referentes ao território da serra da capivara. Em 2021 a região registrou 334 casos de acidentes de trânsito, em 2022, a região registrou até abril mais de 400 casos. Em relação aos óbitos, em 2021 a região registrou 35 óbitos.

Equipes da Sesapi participam da abertura do “Maio Amarelo” em São Raimundo Nonato
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Alexsandro Lima, chefe da unidade regional de segurança viária da PRF, destacou que os efeitos da campanha do Maio Amarelo são bem positivos e perceptíveis durante os trabalhos de fiscalização desempenhados pela PRF.” A PRF vem tendo um foco especial nesse trabalho de conscientização da sociedade civil organizada como prevenção dos acidentes de trânsito. Infelizmente nos ainda constatamos índices elevados de acidentes e óbitos em alguns locais. Em 2021 a PRF registrou 1135 acidentes sendo 418 deles de natureza grave, e dentre esses acidentes tivemos o registro ainda de 130 óbitos. Dessa forma, observamos a importância de continuarmos a fiscalização ostensiva que já vem sendo feita e de trabalharmos de forma integrada focando na educação do nosso trânsito, buscando a segurança da nossa população”.

O evento também contou com a presença do secretário de saúde de Piripiri, município onde o programa vida no trânsito já tem sido trabalhado. Gabriel Mauriz destacou que desde o início do programa foi perceptivo os benefícios que os trabalhos de conscientização trouxeram para o trânsito do município.

“Desde a instalação do programa temos observado que a partir da educação em saúde e da conscientização da população sobre a segurança no trânsito nos tivemos uma redução dos acidentes e das demandas que estes acidentes levavam para nosso sistema de saúde público, gerando assim um trânsito mais saudável e seguro para a população”.

Ainda neste mês as equipes da Fesapi também estarão presentes em Piripiri e Campo maior para mais trabalhos de conscientização para a segurança no trânsito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias